Amanhã o BCE pode baixar a taxa

11/3/2020

No mercado de ações dos EUA, houve uma correção para cima

Na terça-feira, as cotações das ações americanas aumentaram significativamente após a queda máxima de um dia que aconteceu na segunda-feira, comparando com a de 2008. O presidente dos EUA, Donald Trump, informou que, vai recorrer ao Congresso com uma proposta de reduzir impostos para estimular a economia dos EUA, afetada pelo surto de coronavírus. Os participantes do mercado, também aguardam a segunda redução na taxa do Fed este ano, na reunião de 18 de Março. Os índices S&P 500 (+4,94%), Nasdaq (+4,95%) e Dow Jones Industrial Average (+4,89%) caíram. Ontem, os líderes de crescimento foram os setores das finanças (+6%) e da energia (+5%) do índice S&P 500. As ações da United Parcel Service (+ 6,5%) e Amazon.com (5,1%), subiram graças ao aumento das suas recomendações feitas pelas corretoras. Ontem, o rendimento das bolsas americanas, totalizou 15,8 bilhões de ações, e é 37,5% a mais do que a média de 20 dias. Hoje, nos EUA, serão divulgados dados sobre a inflação. As suas previsões preliminares são positivas. O índice do dólar ICE ontem, subiu com base na declaração do presidente dos EUA, Donald Trump, sobre as medidas para estimular a economia.

Os índices de ações europeus, hoje crescem devido à redução da taxa do Banco da Inglaterra

Os índices de ações europeus ontem subiram juntamente com as ações americanas. Hoje, o Banco da Inglaterra reduziu a taxa de 0,75% para 0,5% para estimular a economia britânica e reduzir os danos causados pela epidemia de COVID-19. Os investidores consideraram isso muito positivo, pois aumenta a probabilidade de uma queda na taxa do BCE na reunião de amanhã 12 de Março. O Banco da Inglaterra juntou-se aos reguladores dos Estados Unidos, China, Canadá e Austrália, que reduziram as suas taxas mais cedo. O índice britânico FTSE 100 subiu esta manhã em 1,7%. Hoje, na Grã-Bretanha, serão publicados dados econômicos de Janeiro: a balança comercial mensal e PIB, produção industrial, etc. As cotações de EUR/USD se corrigem para baixo, devido ao aumento das chances de redução da taxa do BCE.

05/02/2020 Market Overview IFC Markets chart

Nikkei ontem subiu quase em 1% juntamente com os outros índices

Os índices de ações asiáticas caíram hoje. O Nikkei se aproximou novamente do mínimo de 15 meses. Os investidores estão preocupados com a confiabilidade e condição dos ativos do Banco do Japão, que adotaram uma política monetária muito flexível e compraram ações no nível de 19500 pontos Nikkei. Notemos que, a participação de controle no Banco do Japão, pertence ao governo do Japão, mas estão listadas na Bolsa de Tóquio. Hoje, esses títulos caíram em 3,5% e atualizaram o mínimo histórico. O índice chinês Shanghai Composite hoje caiu em 0,9%, enquanto o índice de Hong Kong Hang Seng em 0,6%. Os investidores duvidam que as medidas governamentais, sejam suficientes para apoiar a economia. A taxa de câmbio de iene hoje caiu contra a moeda dos EUA para um nível psicológico de 105 ienes por dólar.

Brent tentou se corrigir para cima, mas até agora sem sucesso

Os preços de contratos futuros do petróleo Brent caíram, não conseguindo romper o nível de resistência de US$ 40 por barril. A empresa Saudi Aramco da Arábia saudita, anunciou um aumento na produção de 1 milhão de barris por dia (bvd). Nos últimos meses, a Arábia Saudita extraiu 9,7 milhões bvd, mas acumulou muito petróleo no armazenamento. Atualmente, realiza 12 milhões bvd e pretende aumentar as vendas para 13 milhões bvd, a fim de descarregar as instalações de armazenamento de petróleo. Dos seus máximos de Janeiro, Brent e WTI entraram em colapso cerca de duas vezes. Isso foi impulsionado pela decisão da Rússia de recusar das restrições na produção de petróleo e retirar-se do acordo da OPEP+. A queda nas cotações do petróleo deve-se à diminuição da atividade comercial no mundo e da demanda devido à epidemia de coronavírus e quarentena em vários países. Algumas agências ocidentais consideram que, Brent entrará em colapso com este ponto negativo descendo para os mínimos do início de 2016, por volta de US$ 30 por barril.




Nota de rodapé: Esta visão geral é apenas para fins informativos e educacionais, e é publicada de forma gratuita. Todos os dados contidos neste documento são obtidos de fontes públicas que são consideradas mais ou menos confiáveis. Ao mesmo tempo, não há garantias de que as informações são completas e precisas. No futuro, as visões separadas não são atualizadas. Todas as informações em cada visão geral, incluindo opiniões, índices, gráficos etc., são apresentadas apenas para fins informativos e não são aconselhamentos financeiros ou recomendações. Todo o texto e qualquer parte dele, assim como os gráficos não podem ser considerados como uma oferta para realizar quaisquer transações com qualquer ativo. A empresa IFC Markets e seus funcionários sob nenhumas circunstâncias não são responsáveis ​​por quaisquer acções, realizados por uma pessoa durante ou depois de ler a visão geral.


Comece negociando com IFC Markets

Estamos prontos para apoiá-lo com todo o tipo de perguntas, 24 horas por dia.