Análise Técnica #C-CORN | A seca na América do Sul pode reduzir a colheita de milho | IFCM Portugal

Análise Técnica Forex #C-CORN : 2020-06-02

Recomendação para Milho:

Comprar
Venda ativaVenderNeutroComprarCompra ativa

acima de 333

Buy Stop

abaixo de 307

Stop Loss

Expert Avatar
Analista Sênior
Artigos 1572
IndicadorValorSinal
RSI Neutro
MACD Comprar
MA(200) Neutro
Fractals Neutro
Parabolic SAR Comprar
Bollinger Bands Comprar

Análise gráfica

IFC Markets Tech Analysis

No gráfico diário, Corn: D1 rompeu para cima a linha de resistência da tendência de baixa de curto prazo. Agora, está no canal crescente, e corrige-se para cima saindo do mínimo desde 2009 e alcançou o 1º nível de Fibonacci. Vários indicadores de análise técnica, formaram sinais para um aumento. Não excluímos a possibilidade de um movimento de alta, se Corn subir acima do seu último fractal superior, da linha superior de Bollinger e do 1º nível de Fibonacci: 333. Este nível pode ser usado como um ponto de entrada. O limite de risco inicial é possivelmente abaixo do sinal Parabolic, da linha inferior de Bollinger e do mínimo desde 2009 em: 307. Após abrir uma ordem pendente, movemos o stop seguindo os sinais de Bollinger e Parabolic para o próximo fractal mínimo. Deste modo, mudamos a relação potencial de profit/loss para a nossa vantagem. Os traders mais cautelosos, depois de abrir um acordo, podem transferir-se para um gráfico de quatro horas e definir um stop loss, deslocando-o na direção do movimento. Caso o preço superar o nível de stop (307), sem ativar a ordem (333), logo é recomendável cancelá-la: No mercado ocorrem mudanças internas, que não foram consideradas.

Análise fundamental

A descida do nível de água no rio Paraná devido à seca, pode reduzir a produção de milho na Argentina e no Paraguai. Isso foi comunicado pelo trader brasileiro AgriBrasil. Subirão as cotações Corn?

A Argentina é o quarto maior produtor e exportador de milho. O Paraguai não cultiva muito milho, mas ocupa o 11º lugar em sua exportação no mundo. O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou que as exportações de milho totalizaram 477 milhões de bushels na semana passada. Isso representa 1,2 milhão de bushels a mais, em relação à uma semana antes e, em 14 milhões de bushels a mais, em relação à mesma semana do ano passado. O Japão comprou 39% das exportações de milho dos EUA na semana passada. Os outros grandes compradores foram o México, a Coréia do Sul e a Colômbia. Observemos que, de acordo com a CFTC, o volume de posições vendidas (net short) no milho, atingiu o pico desde Abril de 2019. Isso aconteceu porque, no final de Abril deste ano, as cotações de milho caíram para o mínimo desde 2009. Atualmente estão tentando se corrigir. Se os traders tiverem que fechar as posições curtas, isso pode provocar um aumento especulativo de preço.

Comece negociando com IFC Markets

Estamos prontos para apoiá-lo com todo o tipo de perguntas, 24 horas por dia.

Nota de rodapé: Esta visão geral é apenas para fins informativos e educacionais, e é publicada de forma gratuita. Todos os dados contidos neste documento são obtidos de fontes públicas que são consideradas mais ou menos confiáveis. Ao mesmo tempo, não há garantias de que as informações são completas e precisas. No futuro, as visões separadas não são atualizadas. Todas as informações em cada visão geral, incluindo opiniões, índices, gráficos etc., são apresentadas apenas para fins informativos e não são aconselhamentos financeiros ou recomendações. Todo o texto e qualquer parte dele, assim como os gráficos não podem ser considerados como uma oferta para realizar quaisquer transações com qualquer ativo. A empresa IFC Markets e seus funcionários sob nenhumas circunstâncias não são responsáveis ​​por quaisquer acções, realizados por uma pessoa durante ou depois de ler a visão geral.